Meus Poemas

Ainda Que:


Ainda que eu não viva para ver o seu fim,
Ainda que eu não morra para que veja o meu,
Ainda que eu não chegue aonde imaginei chegar,
Ainda que eu não fique onde os maus me ordenaram,
Ainda que todos meus sonhos fiquem apenas em meu travesseiro,
Ainda que minha voz não passe de uma mera canção
Que por poucos foi ouvida,

Ainda que tudo que espraguejastes contra mim se cumpra,
Ainda que todas as suas mentiras se passem por verdade
e se camuflem em meio aos passatempos e maus entendidos,

Ainda q minha vida seja presa às correntes da burocracia humana,
Ainda que o meu valor se perca em meio aos julgamentos das raças,
Ainda que nunca decifrem meus signos,
Ainda que meu legado não seja anseio de alguns,
Ainda que eu não escreva tudo que me passa na mente agora,
Ainda que você queira entender,

Ainda assim...
Serei como a águia que se renova,
Serei como uma serpente q não abre mão da prudência, mesmo quando repugnada,
Serei simples como as pombas,
Serei linda como os lírios,
Vestida aos cuidados de Deus,
Serei livre como um pássaro,

Mas quando me chegar o tempo,
O tempo da vida minha acabar,
Novamente serei como águia,
Voarei às montanhas mais altas,
E quem quiser ver o meu fim,
Tem que ser forte o suficiente,
Para tal montanha escalar.


05/04/2015



Coisas da Minha Terra ( Homenagem à Alexandria - RN)


No Rio Grande do Norte,
Lá nos finá do cercado,
Pru dondi fica os fucin,
Na tromba do elefante;
Inziste uma cidadezinha,
Que né muito conhecida
Mas por todos é quirida
Se assim a conhecer.

É uma cidade pacata
De cidadão educado,
Alegre e acolhedor
Se o sinhô pricisá
De um lugá pra ficá
Não se preocupe, seu moço,
Que gente hospitalêra
É o que tem mais nesse lugá;

Aí eu te conto um bucadu
De coisas que por aqui tem,
Tem moça bunita e simpática,
E moça que não rir pra ninguém
Moço de boa aparença
Outros qui são chei das crença
E num dá bola pra ninguém

Menino macho bunito,
Véio de samba-canção
Desses que vai prum forró
E nem sabe mais o que faiz
Mas ainda agarra a veia,
Arrasta pro meio da dança
E dá uma...
Dá duas...
Dá três da madrugada...
E ele dançando xaxado.

Tem padi, pastô, delegado,
Juiz de direito, advogado,
Dotô de medicina, dentista e cirurgião
Político, pistoleiro e arengueiro de plantão
Desfabricador de mocinhas, Babão de político e ladrão,
Misturador de ladainha na hora da procissão.

Isso que é uma terra boa!
Terra de gente contente.
Tem gente que só com um dente
Consegue chupar uma manga.
Gente que faz munganga
Em tempo de eleição
São os qui sobem nos carros
E vão acenando com a mão
Gritando em alta voz:
Povo de Alexandria,
Elejam cumpadi Antão.

Ainda não viste nada
Só falei das camaradas
Vamos para as maravilhas
Que são coisas mais isperadas.

Desgavia assim os óios;
Ta vendo aquela serra?
Aquilo foi um presente que o Criador nos deu,
Ela embeleza o espaço
Dessa terra onde o sol brilha,
Do RN ela é
A primeira maravilha.

A cidade é uma princesinha
Tão bunita e limpinha
Té dá gosto caminhá.
Tem umas pracinhas pra prosa
Pra mode os moços namorá
Pros véi fazê caminhada
E pras crianças brincá.

Devemos isso, meu caro,
Aos nossos líderes governantes
Que às vezes são errantes
Mas isso não vem ao caso.
Afiná essa prosinha
Escrita em poucas linhas
Num linguajá sertanejo
É só pra botar desejo
Em conhecer um lugarejo
Por nome de Alexandria.

E si quizer podi ficá
Pois aqui nesse lugá
Tudo é riso e aligria.
                                                                                                   
Autora:  Elenyce Santos




Minha Mãe, minha rainha...



Mãe....
Queria te agradecer pelo o tudo que tens feito por mim, pela existência em minha vida e por me fazer existir. Apesar dos meus defeitos, eu não conseguiria chegar ao que hoje sou, se não fosse o seu amor e os seus cuidados.
Sinto-me honrada de poder te chamar de mãe;
Sinto-me frustrada, por não conseguir ser como você é.
Mas vou continuar tentando, pois ainda que eu não consiga ser o seu orgulho, pelo menos conseguirei ser aquela que lutou para te fazer perceber o quanto és importante em minha vida.
O motivo da minha alegria, é simplesmente pela sua vida, pelo simples fato de poder te falar:
Feliz aniversário!
Sei que não somos eternos, e esse é um privilégio que já foi ceifado de alguns.
Parabéns, por ser essa mulher guerreira, inteligente, defensora, e tantas outras qualidades, que só quem te conhece consegue conciliar à sua pessoa.
Mãe...
Se toda riqueza dessa Terra me fosse ofertada em troca de sua pessoa, ainda assim não valeria a pena, pois é incomparável a sua grandeza como mãe, a sua virtude como mulher e ser tua filha... Ah! Isso não tem preço...
Feliz Aniversário Mãe!!!!
Que por muitos anos eu possa escrever uma cartinha como esta, pois a sua vida é muito importante e tudo que faz sentido na minha vida, sem a tua vida não teria sentido algum.
Te amo!

27/01/2015
Elenyce Santos


Cansada!!!



Cansada de pessoas que te olha procurando um defeito;
cansada de pessoas que torcem por um erro seu;
cansada de olhar na cara de quem sorrir com você, quando na verdade, rir de você por dentro;
Cansada de gente imatura que quer possuir o que é teu, mesmo não tendo dom para sustentar o teu talento.
Cansada de nunca falar o que fazem,
quando falam de você ate o que não fez.
Cansada de pagar pelos outros.

MAS... nunca me canso de ser eu.


Foi Bom Enquanto Durou...

Eu sei;
E já chorei;
Por saber que não tenho chances;
Meus dias estão passando;
E cada vez mais rápido;
E vão as horas, os dias;
E me vem chegando acada hora;
O momento da tristeza e da velhice;
E esperar o momento de partir;

Mira, como passou rápido;
Os anos de quando conheci você;
Logo se passaram mais e mais;
E Então, não poderei te ver;

Mas me recordarei com tristeza
Por não ter cuidado da joia que Deus me deu;
E que ate pude sentir como agora falo com você,
Mas nunca mais a poderei tocar;

Mas um dia quem sabe,
nós estaremos juntos na eternidade;
Foi bom enquanto durou;

Mas eu joguei fora ...
***


Maturidade



Apenas descobrimos que estamos maduros,
Apenas vemos o passado bater à nossa porta,
Apenas vemos no espelho as marcas da vida...

Apenas, isso?
Não!

Há a alegria das histórias contadas,
As tristezas que hoje já contamos sem lacrimejar os olhos,
As conquistas depois de anos de junção de forças e bens,

Ah!!! Mas, há coisas que não tem preço,
Os versos que relembram amores,
As fotos que avivam lembranças,
Os lugares que guardam a infância,
Os rabiscos das declarações aos amores ocultos,
E uma centena se coisas,
Que apenas quem amadurece
será capaz de compor e completar estes versos...

23.03.2015

Elenyce Santos

Quem Sou:

Sou apenas alguém que gosta de leitura,
que escreve o que pensa,
que descreve o que vive...

Sou uma amante da música e da poesia,
Canto para expressar minha alegria,
Canto para afastar minhas tristezas...

Sou Cristã,
Do tipo que segue e tenta imitar Cristo,
Sou defensora do Evangelho,
Prego um Cristo vivo,
Anuncio a sua Volta e a sua salvação,
Afirmo que ele te ama
E provo no evangelho de S. João (cap.3-16)

Sou uma compositora,
Componho música,
Daquilo que me traz amor,
Das coisas que me trazem paz,
Das coisa que me inspiram o que sou.

Sou mãe...
Sou mulher,
Sou guerreira e nada me detém,
Tenho medo de ter medo um dia,
Pois o medo destrói os sonhos...

Amo intensamente,
E quando amo me entrego,
Vivo o que falo,
E falo o que vivo,
Sou um espelho limpo,
Uma folha escrita,
Sou apenas eu.

By:Elenyce Santos.

Momentos.....

Existem momentos em nossas vidas
Que precisamos:

Mais que uma vida,
Mais que um amor,
Vida pra aprender,
Amor para viver.

Mais que um olhar,
Mais que um sorriso,
Olhar pra demonstrar,
Sorriso pra afetar.

Precisamos mais que um sentimento;
Mais que uma companhia;
Sentimento para amar;
Essa companhia que merece:
Toda vida, olhar, sorriso;
E sentimento de amor,
Procedente do coração.

Se na vida nos faltar;
Coisas simples para falar,
Nunca seremos
Suficientemente aptos para amar!
By: Elenyce Santos


A simplicidade do amor/

A perfeição da falsidade...



Esse poema fala sobre como o amor pode  se mostrar tão simples
ao ponto de não ser  notado,

E a falsidade ser tão perfeita 
a passar despercebida e confundida ao amor.


.....


Com o simples coração que tenho
Percebi o dom do amor,
É algo que brota do ser
Que abre igual uma flor

Não escolhe onde nascer
Nem a quem se dedicar
Com sua simplicidade
Só nos conduz a amar.

Você teve o privilégio
De desfrutar este bem
Pois como amei você
Nunca mais amei ninguém,

O amor me impulsionou
E brotou com imensa força
E pra ti me revelei,

Te amei,
Dediquei-me,
Confessei meus os meus segredos,
Abri os meus sentimentos,
Por pensar que em teus gestos,
Havia a mesma verdade.

Não sei como conseguistes
Esconder tanta falsidade
Quando falava ao meu ouvido:
Eu te amo de verdade!

E os teus abraços carinhosos?
As menções de sonho comigo?
Tudo era falsidade?

Queria só por um momento
Poder voltar neste tempo
Reescrever toda historia
Mas deixando para trás
Tudo que é falsidade

Pois por mais que hoje te odeio
Já te  amei de verdade.

Eu queria poder fazer
Deste seu coração de pedra
Uma linda e simples flôr
Onde pudesse habitar
Um pouquinho de amor,

Aí sim eu poderia
Ser novamente feliz
Por saber que eu teria
Chance de por ti ser amada,

Será que você não sente
Nada ao ler estes versos?
Foram feitos pra você
E veio de dentro da alma
E tudo que escrito esta
É verdade pode apostar!


***


06/11/07 Elenice



Sinto sua Falta


A falta que nos faz a pessoa amada,
nem mesmo através de lindas palavras em forma de poesias
poderemos expressar.



Ah!
Quem me dera de novo
Te sentir por um momento
Te ouvir sussurrar: te amo!


Suas mãos meigas e macias
Acariciar meu rosto
E com um beijo gostoso
Fazer tremer o meu corpo

O meu corpo inteiro reclama
Das noites solitárias e frias
A ausência do teu perfume
Do aconchego dos teus braços
Sonho com aquele beijo
Que me davas toda manha
Derrepente ao despertar
Já vejo que não estás.


Sentes o mesmo que sinto?
Ou já nem se lembras de mim?
Já existe outra em seus braços?
Nosso amor mal começou,
Você logo, pois um fim.


*** 
Autoria de Elenice Santos

 
O Amor

Algumas definições do amor,
pois nunca foi encontrado um poeta ou escritor por mais sábio que ele seja, 
que defina totalmente este sentimento tão puro e fiel.

Esta coisa boa que rasga por dentro,
Que nos faz sorrir sem querer
Brincar, correr, cantar pro vento
Faz-nos feliz na maior tristeza
Resolver problemas difíceis
Sem mostrar dificuldades,

Atravessar um velhinho na rua
Só pra dividir felicidades
Ajudar um mendigo
Consolar criança desconhecida
Comprar lanche a vendedor pobre
Sem sentir fome alguma

Isto tudo tem um nome!

O coração transborda
A alma deleita
Não se consegue falar
Se ele não estiver no peito
Pois nem quem sente explica
Como é gostoso sentir

Só o amor nos faz sentir-se assim!
.***


Autoria de Elenice Santos(08/07/2007)

 
Amor sem limites

Deixe que o amor invada o teu ser 
e não reprima seus sentimentos 
pois ele não tem limites.




O amor não tem limites
Ele chega e invade o ser
Chega sem pedir licença
E muda o seu querer

Quando se gosta nota tudo
Defeitos, classe e fraqueza
Quando se ama não sabe
De onde vem tanta beleza

Seja rico, seja pobre
Não se muda de expressão
Quando vemos o amor
Cobre do rosto a transgressão

Vemos tudo tão bonito
Ate a feiúra reluz
Em perolas e cristais brilhantes
Parece o sol mostrando sua luz.
***


07/11/2004 Elenice




 
Eis minha razão de viver!

 
Quando se ama de verdade, se acha incapaz de viver sem a pessoa amada, 
e mesmo que esta não esteja por perto a sua presença é sentida a cada momento.


Eu sei que te amo
Por que simplesmente vivo por você,
Ainda que eu nao ti veja ,
Mesmo que nao te toque,
Não senta o teu perfume,
Não saiba do que você gosta,
Mas sei que gosto de você
De uma maneira que jamais serei capaz de relatar.

O teu ar de tão longe vem ao meu encontro,
E eu o respiro para sobreviver,
Você conheceu  minha vida,
Poque ela ganhou sentido desde que soube da sua existência,
Sem a tua vida a minha não existiria mais.

Quando não estás comigo,
Eu sinto a tua falta a cada passo que dou,
Mas sinto a tua vida vivendo a minha vida,
Que foi tudo que restou; 

Meus passos são devagar,
E tudo que hoje faço,
Pois quando ando mais depressa
Não consigo te sentir,
O vento é o único que me faz acreditar
Que você realmente  existe.

Cada vez que ele sopra sinto um beijo suave,
Uma voz calma e meiga que me diz:


EU TE AMO!
VOCÊ É MINHA VIDA!
E é por isto que não desisto de existir...

***
Autora: Elenice santos