25 de novembro de 2012

A REALIDADE DA GUERRA ESPIRITUAL PESSOAL




A REALIDADE DA GUERRA ESPIRITUAL PESSOAL
Texto Básico: Daniel 1:1-19

INTRODUÇÃO:
Vivemos num conflito espiritual sem tréguas. Satanás não tira férias, nem folga nos finais de semana. Ele sempre está planejando contra nós, mesmo quando sofremos alguma perda. Ele não respeita o nosso luto ou sofrimento, é neste estágio de maior vulnerabilidade emocional e psicológica, que ele desfere os seus golpes malignos. Satanás não conhece o que é luta limpa. Ele é mau, perverso e destruidor. Precisamos, portanto, conhecer os seus desígnios para que ele não leve vantagem sobre nós. (2 Co. 2:10b-11)
Escolhemos o livro de Daniel para mostrar com clareza as estratégias sinistras do diabo, a fim de varrer de sua memória à LEI DE DEUS, contextualizando-o à cultura babilônica.

  1. PARTE HISTÓRICA:
AUTOR: Daniel, membro da família real, nascido em Jerusalém, em 623 a.C., aproximadamente durante a reforma do Rei Josias e no princípio do Ministério de Jeremias. Foi levado à Babilônia, por ocasião do 1 exílio, em 605 a.C. pelo monarca Nabucodunozor que não dispunha de número suficiente de cultos para a cúpula governamental. Por isso o Rei levou jovens saudáveis, de boa aparência e de alto nível cultural.

2. CENÁRIO RELIGIOSO DE JUDÁ:
Época mais sombria do judaísmo. Todos os alicerces da sua fé pareciam ter desaparecido. A cidade escolhida por Deus fora arrasada, o Templo projetado e habitado pelo Senhor, tornara-se um montão de cinzas e o povo fora levado cativo à terra idólatra da Babilônia. Foi nesse período que surgiram as sinagogas onde os judeus adoravam e liam a TORÄ. Da fé judaica só restavam as Escrituras com as promessas da aliança do Senhor para com os antepassados.
  1. CENÁRIO RELIGIOSO DA BABILÔNIA:
A religião da Babilônia centralizou-se em Bel Merodaque (Marduque) num grande templo. Ele era o senhor ou Bel (cognato de Baal), do panteão dos deuses da Babilônia. Anualmente, os sacerdotes traziam todos os deuses ou estátuas por ocasião da festa de Nisã, ao templo de Merodaque (deus supremo).
Nabucodonozor não se mostrou apenas um gênio militar, amante do luxo, edificador de monumentos,jardins e canais, mas também um homem muito religioso.
4.  ESTRATÉGIAS SINISTRAS E DESTRUIDORAS DE SATANÁS:
§  MUDANÇA DE NOMES: (Vs.7)
Sutileza maligna: Eles precisavam de cidadania babilônica.
Propósito: Varrer da memória deles o nome de "Jeová" , e consagrá-los aos deuses da Babilônia.
DANIEL: "Deus é meu juiz" = Betessazar: "Bel proteja a sua vida"
HANANIAS: : Jeová é gracioso" = Sadraque: "Servo de Aku" (deus lua)
MISAEL: "Quem é igual a Deus?" = Mesaque: "Quem é igual a Aku?"
AZARIAS: "Jeová ajuda" = Abede-Nego: "Servo de Nego = deus da sabedoria ou estrela da manhã.
§  ALIMENTAÇÃO: (Vs.5-6)
Sutileza maligna: alimentá-los com a comida do Rei
Propósito: Fazê-los pecar contra à Lei de Deus e entorpecer a mente (Oz.4:11).
§  EDUCAÇÃO:
Sutileza maligna: Ensiná-los a cultura e a língua dos caldeus.
Propósito: Contradizer os retos ensinos da Lei de Deus e construir sofismas (argumentos, teorias e razões da mente).
(2 Co.10:4-5) "As armas da nossa batalha espiritual não físicas (armas de carne e sangue), mas elas são poderosas em Deus, para demolição de fortalezas, refutando argumentos, teorias e razões, e todo orgulho que se levanta contra a verdade e conhecimento de Deus, levando todo pensamento e propósito cativo a obediência de Cristo" (Amp.)
  1. PASSOS PARA A VITÓRIA:
§  DETERMINAÇÃO (resolução, decisão, coragem, afoiteza): (Vs.8-13)
Resultado: Saúde e robustez (Vs.15)
§  PRUDÊNCIA (virtude que faz prever e procura evitar as inconveniências e os perigos: cautela, precaução):
Resultado: Sabedoria e inteligência 10 vezes mais (Vs.17-20)
§  FIDELIDADE (mesmo em face à morte): (Dn.3 e 6)
Resultado: A exaltação de Deus e livramento

TEMA: O PERFIL DO GUERREIRO
Texto básico: 1 Samuel 16:18
Exército de Deus
INTRODUÇÃO
Indiscutivelmente vivemos os últimos dias que antecedem o regresso do Senhor Jesus para arrebatar a Sua Igreja. Teólogos, leigos e, até a ciência, atestam unânimes que nos aproximamos do fim de todas as coisas. CRISTO JESUS ESTÁ VOLTANDO! Sua noiva se prepara com todo esmero para as bodas, desejando-a com o coração repleto de amor e ansiedade (maranata). A criação de Deus também geme (Rm.8:20-22), aguardando o momento da libertação do cativeiro da corrupção a que foi sujeito. A palavra profética cumpre-se, aceleradamente, diante dos olhos perplexos daqueles que a acompanham.

Não há dúvida, O FIM SE APROXIMA! "O dia do Senhor vem, já está próximo: dia ardente como fornalha; todos os soberbos serão como restolho; mas para os que temem o nome do Senhor nascerá o sol da justiça trazendo salvação em suas asas..." (Ml.4:1,2).
Estamos diante do momento mais importante de toda história da Igreja: "Os dias do fim", profetizado pelo apóstolo Paulo como tempo difíceis (II Tm.3:1-9).
Há crises pôr todos os lados e em todas as áreas: crises morais, sociais, existenciais, emocionais, políticas, econômicas, espirituais, etc. . Satanás tem levado o homem e o planeta Terra a conhecer o caos. Mas em meio a este quadro degradante, uma notícia animadora: DEUS LEVANTA O SEU EXÉRCITO com poder e glória, com força e ousadia para se opor e resistir ao avanço do mal em todas as suas formas.
Saiba-se em toda a terra e nas profundezas do inferno que os GUERREIROS DO SENHOR DOS EXÉRCITOS marcham pôr toda a parte, armados de toda a força do Espírito Santo, com a Palavra do todo poderoso que não pode falhar, cheios da autoridade de Jesus, o comandante em chefe, que os constituiu, sobre as nações e os reinos, para arrancar e derribar, para destruir e arruinar, e também, para edificar e plantar (Jr.1:10).
VOCÊ FAZ PARTE DESTE EXÉRCITO?
O general lhe convida para engrossar as fileiras do Seu Exército e tornar-se um herói de guerra condecorado. Nunca você conhecerá a derrota mas somente a vitória! (Rm.8:37).