31 de janeiro de 2012

Mensagens Diarias: Casal cristão em motel? É pecado?

elenycesantos.blogspot.com
Mensagens Diarias: Casal cristão em motel? É pecado?: “Não vos enganeis: as más conversações corrompem os bons costumes” (Apóstolo Paulo). Não há pecado para o casal fazer amor seja lá onde ...

Mensagens Diarias: Por que os casais brigam?

elenycesantos.blogspot.com
Mensagens Diarias: Por que os casais brigam?: A mulher, olhando no espelho, não feliz com o que vê, diz para o marido: “Sinto-me horrível; pareço velha, gorda e feia. Eu realmente prec...

Mensagens Diarias: Você tem ciúmes?

elenycesantos.blogspot.com
Mensagens Diarias: Você tem ciúmes?: “Quem julga as pessoas não tem tempo para amá-las” Dificilmente alguém que ama ou já amou, nunca teve ciúmes. Quase todos, algum dia n...

Mensagens Diarias: A Cura da Família

elenycesantos.blogspot.com
Mensagens Diarias: A Cura da Família: É irrealista imaginar que somos purificados automaticamente das associações satânicas do passado, ou que nos tornamos imunes das conseqü...

27 de janeiro de 2012

FELIZ ANIVERSARIO MÃE

elenycesantos.blogspot.com



MINHA QUERIDA MÃE
Existem momentos em nossas vidas,
que jamais poderiam ser resumidos em simples palavras.

Ao longo desses anos fui convivendo com uma

mulher que me despertava diariamente para uma realidade,
que me fazia acreditar sempre mais e mais no verdadeiro significado das
palavras com determinação, respeito e amor.

Você foi ao longo desses anos à pessoa que mais me ouviu.


A amiga e mãe,

que mais soube dos meus medos e das alegrias que tive,
participou intensamente do meu crescimento e me ajudou a tomar as decisões mais difíceis.

Sem dúvida alguma você é a pessoa que mais me conhece e por isso

quero abrir o meu coração e dizer como estou feliz em participar
do seu aniversário quero que a minha alegria transmita a você,
meu mais puro e sincero amor e toda a gratidão que tenho pelas coisas
que fez durante esses anos, espero estar sempre ao seu lado e poder
retribuir cada palavra e gesto de carinho que dedicou a mim,

Você é a melhor mãe do mundo.


Te amo e feliz aniversário

19 de janeiro de 2012

Os dez mandamentos dos namorados

elenycesantos.blogspot.com




1º AMAR ao outro como a si mesmo. Se não há um sentimento puro, sincero esqueça.(Ef.5.25)

2º AMAR também é Respeitar as individualidade entre ambos. ( Espiritual, Emocional e Física)Ver Col 3:19

3º AMAR é ter responsabilidade pelo outro, pois a Palavra empenhada é aprovada por Deus. (Mat.18.19).

4° AMAR também exige COMPROMISSO, Planos para o Futuro, começa com uma base sólida de namoro.Tito2:4

5º AMAR é não NEGLIGENCIAR os Conselhos dos mais experientes, principalmente, Pai e Mãe. (Ef. 06:02)

6º AMAR é viver na DEPENDÊNCIA do Espírito, pois o "Discernimento Espiritual" é importante.( Mat. 06: 33).

7º AMAR é CEDER quando perceber que há certos momentos de indecisões,aceitar opiniões, refletir.Ti: 3.9

8º AMAR é saber REMIR O TEMPO, não fique espe- rando uma década pela decisão do matrimônio.Lembre: Que o tempo é fugaz, portanto decidam-se... (Ef.5.16).

9º AMAR é saber PLANEJAR , não entre em Canoa Furada, antes de Subir ao Altar, ARRUME A SUA VIDA FI- NANCEIRA - ( Provérbios 13: 01 e 14: 01 ).

10º AMAR É CONFIAR EM DEUS, quando o namoro é preparado por Ele, tenha certeza meu irmão que:TUDO DARÁ CERTO. ( Isaias 49: 23 ).

Pornografia prende??

elenycesantos.blogspot.com



Quando as pessoas visitam salas de sexo explicito, WEB CAM, Revistas pornográficas, bate papo indecente... essas pessoas não saem de lá sozinhas, as imagens vistas ficam no subconsciente ou inconsciente e as pessoas ficam presas

JÓ 36:5 - Eis que Deus é mui grande, contudo a ninguém despreza; grande é em força e sabedoria. JÓ 36:6 - Ele não preserva a vida do ímpio, e faz justiça aos aflitos. JÓ 36:7 - Do justo não tira os seus olhos; antes estão com os reis no trono; ali os assenta para sempre, e assim são exaltados.JÓ 36:8 - E se estão presos em grilhões, amarrados com cordas de aflição, JÓ 36:9 - Então lhes faz saber a obra deles, e as suas transgressões, porquanto prevaleceram nelas. JÓ 36:10 - Abre-lhes também os seus ouvidos, para sua disciplina, e ordena-lhes que se convertam da maldade. JÓ 36:11 - Se o ouvirem, e o servirem, acabarão seus dias em bem, e os seus anos em delícias. JÓ 36:12 - Porém se não o ouvirem, à espada serão passados, e expirarão sem conhecimento JÓ 36:13 - E os hipócritas de coração amontoam para si a ira; e amarrando-os ele, não clamam por socorro. JÓ 36:14 - A sua alma morre na mocidade, e a sua vida perece entre os impuros. JÓ 36:15 - Ao aflito livra da sua aflição, e na opressão se revela aos seus ouvidos .

A mesma Palavra na versão BÍBLIA VIVA

JO 36:5 Mesmo sendo tão grande e poderoso, Deus não despreza a ninguém,Ele compreende perfeitamente a natureza humana. JO 36:6 Ele castiga duramente os perversos e faz justiça aos justos e sinceros .JO 36:7 Ele observa a vida dos justos e finalmente lhes da a recompensa , um lugar eterno entre os reis. JO 36:8 Se os justos são presos e amarrados com cordas e correntes, como escravos JO36:9 Deus usa essa aflição para mostrar a eles onde foi que pecaram, sendo orgulhosos. JO 36:10 Alem disso , através do sofrimento Deus ensina os justos a deixarem de lado a desobediência. JO 36:11 Se eles obedecerem e voltarem a servir a Deus, terão uma vida feliz e tranqüila ate o dia natural de sua morte. JO 36:12 Mas se não derem importância aos conselhos e alertas de Deus e preferirem continuar na desobediência, serão mortos de forma VIOLENTA , porque preferiram continuar DESOBEDIENTES. JO 36:13 Os perversos ajuntam contra si a ira de Deus, porque quando Deus manda o castigo, eles se recusam a pedir ajuda ao Criador. JO 36:14 Eles morrem ainda jovens, destruindo sua vida com IMORALIDADES. JO 36:15 É assim que Deus age, livrando o sofredor pelo próprio sofrimento ; fazendo o pecador acordar através do castigo.

A pessoa fica presa em CORDAS E GRILHOES JÓ 36:8 - E se estão presos em grilhões, amarrados com cordas de aflição,

A Palavra de Deus nos adverte EF 4:27 - Não deis lugar ao diabo.
Se der lugar o diabo ocupa e depois começamos a sentir o distanciamento de Deus, não conseguimos mais nos consagrar e sentimos uma necessidade incontrolável de ficar assistindo essas imundícies. Ate mesmo Ministros estão presos a este mal e não conseguem se libertar.
Quero sugerir algumas pregações deste homem de Deus David Wilkerson
que poderá esclarecer-lhe melhor
http://www.tscpulpitseries.org/portuguese.html

Estive preso a essas imundícias e foi muito difícil libertar-me , tenho esta excelente noticia O SENHOR JESUS CRISTO TE LIBERTARA se você deixar.

Primeiro passo:

2CR 7:14 - E se o meu povo, que se chama pelo meu nome, se humilhar, e orar, e buscar a minha face e se converter dos seus maus caminhos, então eu ouvirei dos céus, e perdoarei os seus pecados, e sararei a sua terra.
Humilhar-se para Deus e seguir a seqüência

Segundo Passo:

TG 4:8 - Chegai-vos a Deus, e ele se chegará a vós. Alimpai as mãos, pecadores; e, vós de duplo ânimo, purificai os corações.
TG 4:9 - Senti as vossas misérias, e lamentai e chorai; converta-se o vosso riso em pranto, e o vosso gozo em tristeza.

Terceiro Passo:

Procure uma igreja com um trabalho serio de libertação e vá uma vez por semana ;nao quero sugerir pois pode ser que a tua igreja tenha este trabalho, caso tua igreja nao tenha este trabalho, freqüentei um trabalho de libertação excelente , posso te indicar.

Quarto Passo:

Depois que for liberto não volte mais ao vomito.

O Senhor Jesus Cristo te liberta , Por este motivo e muito importante conhecer a Verdade

JO 8:32 - E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará.

Sexo: Quem Ama, Espera!

elenycesantos.blogspot.com

  
Vivemos atualmente em uma cultura obcecada pelo sexo. As empresas de publicidade aproveitam esta força para atrair o público e vender seus produtos. Este interesse universal está sendo hoje explorado em detrimento da cultura e da sociedade. Vemos a decadência na perda da virtude e no endurecimento da sensibilidade moral dos jovens. Todo pecado começa na mente. Os pensamentos provocam ações. Os pensamentos estimulam as emoções e estas debilitam a vontade. A vontade responde às insinuações dos pensamentos e das emoções.


A Bíblia está cheia de ensinamentos sobre sexo. Por que tantas pessoas caem em pecados sexuais? Temos muitas e muitas razões para poder dar uma resposta mediante a esta pergunta, no entanto, dentre tantas, as razões ou motivos que são mais encontrados entre os jovens hoje em dia são:


1) Covardia: diante da ?pressão da turma?, alguns jovens caem neste pecado. Os ?amigos? lhes dizem: ?você não é homem?; ?todo mundo faz?; ?para que se guardar?; ?somente você ainda não fez?. E por covardia, medo, pressão da turma ele acaba fazendo sexo logo para acabar com essas gozações para consigo.


2) Avançar demais nas carícias: começam inocentemente tocando aqui e ali e quando menos se percebe os toques já são mais ousados e em lugares que antes eles sequer se atreveriam a tocar. Ao começar a avançar demais nas carícias ele percebe que não consegue mais parar e se envolve em sensações que não saberá mais como refrear e acaba por praticar o ato sexual.


3) Sentem-se apaixonados: alguns jovens praticam o ato sexual simplesmente pelo fato de que estão apaixonados por uma determinada pessoa e consideram isso um bom motivo para terem sexo. Afirmam que logo irão se casar mesmo, então por que adiar isso. Um tremendo erro, pois paixão nunca deve ser colocada como uma boa razão. Paixões passam. E paixões desenfreadas são como uma criança rebelde que precisa de disciplina e correção e não que sua vontade seja satisfeita.


4) Por ser excitante: quando o jovem entra em ação com as facetas desta misteriosa força criada por Deus, ele acaba se esquecendo de toda restrição moral por se sentir completamente envolvido num ?torvelinho? de emoções surpreendentes e perturbadoras, e essas emoções o arrastam para o inevitável ato sexual. O corpo corresponde ao excitamento e isto lhe vem como extremamente agradável e prazeroso. Logo mais tarde, descobre que tais emoções podem ser desastrosamente artificiais.


5) Ignorância: em muito dos sentidos, esta é a causa básica de muito dos tropeços e dos fracassos de nossa juventude. Porém, em se tratando de sexo, aparentemente todos acabam aprendendo de um jeito ou de outro. A ignorância aqui é que após se envolverem não conseguem mais parar. Acham que podem refrear este instinto quando quiserem, porém, na hora, percebem que não é bem assim.


6) Rebeldia: muitos adolescentes e jovens por serem extremamente rebeldes descaradamente ou abertamente resolvem praticar o ato sexual. Não se preocupam com o que outros pensam, querem apenas satisfazer o desejo de sua carne.


Muitos perguntam: É ou não é permitido ter relações sexuais antes do casamento? A resposta é um sonoro NÃO! A existência de um desejo não justifica sua satisfação ilimitada. Há limites e estes limites são fixados por Deus até mesmo na natureza criada por Ele. O sexo foi feito para ser expresso e experimentado. As relações sexuais são lógicas mas o sexo dever usado com responsabilidade. Seu lugar segundo o plano de Deus é dentro do matrimônio.


Amigo leitor! A única coisa que você aprenderá através da prática do sexo antes do casamento é que os resultados da rebelião contra a vontade de Deus são sempre amargos. A única e desagradável lembrança que permanecerá gravada em seu subconsciente será a sordidez do seu egoísmo. Você terá mesquinhamente usado o corpo de outro ser humano para satisfazer o seu ego enfermo e irá arrepender-se disso até o túmulo (2Tm 2.22).


?Se alguém não tenta enquanto é solteiro, não fracassará ao casar-se? Como um jovem pode saber se é capaz de ser um esposo(a) se não pratica antes?? Perguntas como estas e semelhantes a estas são feitas ao milhares e muitos a fazem com certa sinceridade, outros apenas para darem uma desculpa para a prática da relação sexual antes do casamento. Veja como Satanás é por demais astuto (2Co 11.14,15). Deus nos criou e nos moldou de tal maneira que o jovem e a jovem poderão desfrutar deste dom maravilhoso de Deus, o sexo, no matrimônio. E os comprometidos? E aqueles que já são noivos? Por meio de várias das pesquisas realizadas, a grande maioria dos compromissos que são desfeitos se rompem precisamente porque uma das partes está com sentimentos de culpa por terem cometido o ato sexual. Suas consciências foram contaminadas por meio das levianas e frívolas atitudes sexuais de um para com o outro. Essa consciência e essas atitudes provocam o rompimento do compromisso. O fato de se estar noivo não é motivo para ter relações sexuais entre si (Gl 5.21; Hb 13.4).


A pureza é bela! Um dos maiores presentes que se pode levar para um casamento! A beleza da santidade de um jovem deve ser se guardar para seu cônjuge e praticarem o ato sexual apenas na noite de núpcias.


O jovem ambiciona ter um casamento feliz e sonha com um bom noivado e um casamento melhor possível. O rapaz sonha com uma moça de boa educação, bonita, de convicções firmes. Acima de tudo, a noiva dos seus sonhos é pura. Já a moça, sonha com um rapaz maduro, que seja um bom líder espiritual, puro e que tenha um bom caráter. Quem ama, espera!


Graças a Deus por tais sonhos e lembre-se: quem ama, espera (1Co 7.1-5).

11 de janeiro de 2012

A preguiça leva à miséria

elenycesantos.blogspot.com



Preguiça: Aversão ao trabalho; negligência, indolência, ociosidade, inatividade.


O preguiçoso envergonha os pais

As mãos preguiçosas empobrecem o homem, porém as mãos diligentes lhe trazem riqueza. - Aquele que faz a colheita no verão é filho sensato, mas aquele que dorme durante a ceifa é filho que causa vergonha.
Provérbios 10. 4,5 (nvi)

O filho sábio, que alegra a seu pai e a sua mãe (vs.1), terá, entre as suas boas características, a diligência no trabalho, de modo que possa sustentar a si mesmo, e não precise depender de seus pais. Ele terá seu próprio lar; sua própria família; seu próprio trabalho; seu próprio salário. Metafórica ou literalmente, ele colherá a sua própria colheita, tendo trabalhado arduamente durante a primavera e o verão em sua plantação. Ou talvez seja um agricultor, mas aja como fazendeiro diligente. (ati)

O preguiçoso é irritante

Como vinagre para os dentes, como fumaça para os olhos, assim é o preguiçoso para aqueles que o mandam.
Provérbios 10. 26 (arc)

Cada dia tem 24 horas repletas de oportunidades para crescer, servir e ser produtivo. Ainda assim é muito fácil desperdiçar tempo, deixando a vida escapar de nós. Rejeite a preguiça, a ociosidade e fique longe de alguém que desperdiça as horas designadas para o trabalho. Veja o tempo como um presente de Deus, e aproveite suas oportunidades para viver diligentemente para Ele. (beap)

O preguiçoso e suas desculpas

O preguiçoso diz: ?há um leão lá fora!? ?Serei morto na rua!?
Provérbios 22.13 (nvi)

Este provérbio contem a maior desculpa ?e se...? de todos os tempos. ?Se eu sair, talvez encontre um leão na rua e seja morto por ele!?. Que probabilidade haveria de alguém encontrar um leão nas ruas de uma cidade antiga? Praticamente nenhuma. Seria o mesmo que ser atropelado por um elefante nas ruas de alguma cidade hoje -possível, mas bastante improvável. Até mesmo a distante possibilidade é tudo que o preguiçoso precisa como desculpa para evitar qualquer trabalho.

Você às vezes é tentado a usar a possibilidade do perigo como desculpa para a preguiça? Em caso positivo, o que Deus desejaria que você fizesse em vez disso? (br)

O preguiçoso é desperdiçador

O preguiçoso não assará a sua caça, mas o bem precioso do homem é ser diligente.
Provérbios 12. 27 (arc)

O diligente faz um sábio uso de seus recursos materiais e de seus dons; o preguiçoso os despreza. O desperdício se tornou um estilo de vida para muitos que vivem em uma terra abundante. Não seja escravo do comodismo e não despreze o que tem. Faça bom uso e valorize tudo aquilo que Deus lhe deu! (beap)

O preguiçoso é atribulado

O caminho do preguiçoso é cheio de espinhos, mas o caminho do justo é uma estrada plana.
Provérbios 15. 19 (nvi)

O homem preguiçoso permite que os espinhos cubram o seu caminho e, assim, sente-se constantemente vexado por eles. Mas ele é por demais preguiçoso para limpar o caminho dos espinhos.

Esse versículo, além de ter a vereda do homem preguiçoso coberta de espinhos, também a apresenta como cheia de covas e armadilhas. O homem cultiva esse tipo de vida por sua inação e em breve se vê avassalado por tribulações, obstáculos e ansiedades, tudo auto-infligido. (ati)

O preguiçoso mendigará

O preguiçoso não lavrará por causa do inverno, pelo que mendigará na sega e nada receberá.
Provérbios 20. 4 (arc)

Você já deve ter ouvido advertências semelhantes a essas. Se não estudar, será reprovado no teste; se não economizar, não terá dinheiro quando precisar. Deus quer que fiquemos precavidos contra as necessidades futuras, a fim de que possamos evitá-las. Não podemos esperar que o Senhor nos resgate quando causamos nossos problemas por falta de planejamento e ação. Ele nos ajuda, mas também espera que sejamos responsáveis. (beap)

O preguiçoso morre desejando

O desejo do preguiçoso o mata, porque as suas mãos recusam-se a trabalhar.
Provérbios 21. 25 (arc)

O desejo avassalador do homem preguiçoso, que quer descanso e lazer e só deseja o caminho fácil de saída, para evitar o trabalho, finalmente o matará; por causa de sua imensa inércia, ele deixará até de comer, para, finalmente desaparecer. Vários filósofos estóicos antigos, para mostrar quão desinteressados (apáticos) se sentiam a respeito da vida, simplesmente paravam de comer e deixavam a natureza tomar o seu curso. Assim sendo, um preguiçoso apático pode seguir o caminho do suicídio. (ati)

Conclusão:

A preguiça consiste na indisposição para fazer qualquer esforço, na indolência, no ócio. A pessoa preguiçosa é um dos casos humanos mais lamentáveis que existem. Ela não se deixa inspirar por qualquer idéia; ameaças de nada adiantam para torná-la ativa. O preguiçoso não se envolve em qualquer ocupação, e olvida-se de qualquer propósito na vida. Com freqüência, o preguiçoso é apenas um parasita que pensa que outros precisam sustentá-lo. Ele se queixa quando suas acomodações não são de primeira classe, e critica a outros de egoísta quando não é servido como pensa que deveria. Quando algum trabalho precisa ser feito, ele se ausenta naquele dia. Mas, quando há qualquer festa e há alimentos gostosos em abundância, o preguiçoso está sempre presente.

Algumas pessoas preguiçosas são forçadas a trabalhar, ou pela simples pressão social, ou, então, por grave necessidade econômica. O indivíduo preguiçoso chega tarde ao trabalho; sai cedo de seu emprego; faz longas interrupções somente para tomar o cafezinho; entrega-se muito à maledicência; goza os feriados um dia antes e um dia depois dos mesmos, acaba adoecendo de tanto comer, mas fica bom miraculosamente, quando alguém fala em levá-lo a passeio; pensa que a terra é um lugar de lazer e prazer; pensa que o céu é um lugar fácil de ser obtido, porque sempre poderá aplicar o seu famoso ?jeitinho?.
O indivíduo preguiçoso nem se inspira por nada e nem inspira a outros. Paulo mostrava-se definidamente avesso à preguiça. Disse ele: ?Se alguém não quer trabalhar, também não coma? (2 Tes. 3.10). (ati)


Bibliografia utilizada
Bíblia - Almeida Revista Corrigida (arc)
Bíblia - Nova Versão Internacional (nvi)
Bíblia - A Rocha
Bíblia - de Estudo Aplicação Pessoal (beap)
Antigo Testamento Interpretado (ati

A esposa e os amigos de Jó

elenycesantos.blogspot.com
Esposa de Jó

Casada com um homem repleto de qualidades, esta mulher sofre até hoje nas mãos da maioria dos cristãos, devido a uma frase importuna: Amaldiçoa a Deus e morre. Mas antes de entrar na questão desta expressão pronunciada por tal mulher, vamos conhecê-la em suposições.

Jó era um homem integro e reto, que temia a Deus e se desviava do mal, era realmente digno de ser chamado de ?varão de Deus?. Como todo homem que depende do Criador, a sua esposa tinha que corresponder aos princípios determinado ao povo que adorava ao Senhor. Tinha que ser íntegra, honesta, temente a Deus, direcionada pelo Espírito Santo e submissa ao seu Senhor e ao seu marido. Mas com todas estas características positivas, ela também era dotada de sentimentos humanos como todos nós. Não estava isenta da dor e do sofrimento. E como sabemos a mulher é muito mais emotiva do que o homem.

Seu casamento devia ser exemplo para todos os outros da época e a sua maneira de criar os filhos deveria ser motivo de orgulho para seu marido, pois ter e manter dez filhos não era tarefa fácil para qualquer mulher. Além de tudo isso, ela tinha um papel de auxiliar Jó em todas as suas tarefas direta ou indiretamente, isto é, quando não estava governando a casa, estava dando toda atenção que ele precisava ao retornar para lar.

Esta mulher deveria ser exemplar em todas as suas particularidades. Notamos nos primeiros versículos do livro de Jó a comunhão de seus filhos ao celebrarem uma festa. Esta comunhão somente poderia existir se tais pessoas fossem educadas a isso, e geralmente quem trabalha na educação familiar é a mãe por está sempre presente na vida de seus filhos, enquanto ou pelo menos, são crianças. Então, não existe motivos tão pesados para se questionar a vida íntegra desta mulher.

Vale ressaltar que a esposa de Jó só faria tudo isso que foi mencionado acima se dentro dela houvesse um grande amor reservado ao seu marido.

A família de Jó tinha tudo, riquezas, respeito, consideração e principalmente comunhão; até que um dia satanás foi se apresentar a Deus e questionar a vida de Jó. E a partir daí começou o sofrimento desta mulher.

Em um momento ela tinha tudo, foi vendo os bens indo embora, o respeito e outras coisas, mas mesmo assim acredito que ela continuou reta diante de Deus. Foi quando veio o pior, creio que ela estava do lado de Jó recebendo todas as notícias e sofrendo com ele, e ao avistarem outro servo pensaram: ?o que será que ainda vem??, foi quando o servo deu a notícia: Estando tuas filhas e teus filhos comendo e bebendo vinho, em casa do irmão primogênito, eis que se levantou grande vento do lado do deserto e deu nos quatro cantos da casa, a qual caiu sobre eles, e morreram... neste momento não consigo imaginar o tamanho do sofrimento desta mulher ao perder seus dez filhos, aqueles que foram gerados e educados por ela. Dos dez se somente um morresse ainda seria motivo de muita tristeza, mas foram dez, foram todos.

Acredito que na sua memória passava-se toda a infância, todos os detalhes, todas as diferenças de cada filho. Mesmo depois de tudo isso, já estando sem forças ela encontrou ainda um motivo para viver, tinha que continuar a vida ao lado de seu marido. Mulher forte!

Ainda sofrendo com a morte de seus filhos, começou a ver o sofrimento de seu marido. E vendo que não tinha mais ninguém além dele, começou a se desesperar também e no ápice de sua dor pronunciou palavras que até hoje a condena.

O próprio Jó não a condenou, somente comparou as suas palavras como de uma louca, mas não disse que ela era.

É claro que nada justifica a questão dela ter falado isso, mas na mente dela aquela coisa martelando, pois não teria mais marido e nem filhos, e de acordo com os costumes ela iria sofrer bastante.

Creio que ela se arrepende de ter pronunciado aquelas duras palavras, pois juntamente com Jó ela consegue vencer. E tudo que Deus abençoou a Jó, ela também recebeu. Os dez filhos que ela tivera foram renovados e toda a sua alegria também.

Amigos de Jó

Jó como todo homem necessita de alguém para conversar, dividir pensamentos, desabafar, chorar e se alegrar. Ele era um homem conhecido, respeitado e honrando, por isso tinha inúmeros ?amigos?.

Mas como sabemos Jó passou por uma situação nada agradável, e nessa hora ele necessitou como nunca de seus amigos, pois se sentiu sozinho.

O livro nos conta que seus amigos ao avistá-lo ficaram transtornados com tamanha situação ao ponto de se derramarem em lágrimas, rasgarem as vestes e lançarem pó para o ar sobre suas cabeças. O momento era perturbador, mas eles permaneceram ali calados durante sete dias e sete noites, somente observando tamanha dor.

Como amigos, eles deveriam estar pensando em todas as possibilidades de se Ter uma resposta para tal sofrimento. Creio que tanto machucava ficar ali olhando para seu sofrimento como não Ter uma palavra para dizer a Jó.

Os seus nomes eram Elifaz, o temanita, Bildade, o suíta e Zofar, o naamatita.

Com o pronunciamento de Jó, eles começaram a falar e também iniciaram a sessão de erros. O primeiro a comentar alguma coisa foi Elifaz, o temanita. Ele era o mais velho e mais sábio. No livro de Jó, o temanita discursou por três vezes, o primeiro no capítulo 4 e 5, o segundo no capítulo 15 e o terceiro no capítulo 22. Os seus discursos foram baseados em sua experiência de vida.

O segundo a se pronunciar foi Bildade, o suíta, com sua conversa direta. Ele agiu de acordo com a tradição e sua participação está registrada nos capítulos 8, 18 e 25.

Zofar, o naamatita, foi o terceiro a falar sobre a situação de Jó. Ele trabalha seus discursos através de suposições e seus dogmas. Vemos as suas manifestações somente no capítulo 11 e 20.

O erro do amigos de Jó era querer achar justificativas para o seu ?suposto pecado?, mas como todos não tinham sensibilidade espiritual seria impossível. Ainda hoje, muitos fazem isso acusam sem nem saber o que está acontecendo.

Elifaz, Bildade e Zofar não sabem o que criaram com isso, mas eles trouxeram uma teologia enganosa para o nosso meio, a conhecida Doutrina da Prosperidade. Na qual traz como base que o servo de Deus não pode sofrer, pois o sofrimento está relacionado com o pecado. Sabemos que esta tese não tem veracidade, pois o próprio Deus não falaria: A minha ira se acendeu contra ti e contra os teus dois amigos, porque não tendes falado de mim o que era reto, como o meu servo Jó(Jó 42.7).

Seria bom se eles tivessem permanecido como nos primeiros sete dias, calados. Ser amigo também é saber ouvir. Quem sabe Jó não queria apenas desabafar e acabou sendo colocado na parede.

Depois dos três se manifestarem eis que surge uma voz de um homem bem mais jovem que os três, homem que passou o tempo todo calado, mas de tanto ouvir lamentos e acusações resolveu se pronunciar. O nome dele é Eliú, que usado pelo Senhor falou com ousadia, mas com respeito. O seu discurso é explanado por seis capítulos. Um discurso que superou todos os outros feitos, mesmo sendo um homem mais jovem e consequentemente menos inexperiente.

Mas isso demostra que Deus usa quem ele quer e na hora que quer.

Com tudo isso percebemos que Jó tinha amigos, mas nem sempre os amigos são os melhores conselheiros.