1 de dezembro de 2011

Papo Jovem


Um papo aberto sobre adolescência, mocidade, tatuagens, piercing, careta, no limite, estudos e uma vida bem sucedida, namoro, noivado e casamento.
O corpo Humano transformado em monstro


Quando as Sagradas Escrituras ensina-nos os passos para se obter uma vida vitoriosa, conseqüentemente, com lutas, mas que já estejam vencidas, devemos dar atenção devida por que ela aborda a verdade.

Percebemos o retrato de muitas pessoas derrotadas hoje por causa da sua desobediência ontem, que leva a pessoa ao fracasso e a derrota.

No livro de Provérbios (22.6), o sábio rei Salomão escreveu que os pais deveriam ensinar a criança no caminho em que deveria andar para que até quando envelhecesse, não se desviasse deste caminho. Logo, somos hoje, resultado daquilo que nos ensinaram ontem.

ADOLESCÊNCIA
Quando somos adolescentes, até desviamos nossos olhos para o modismo do ?mundo? e nos sentimos atraídos por ele, porém compete aos pais, corrigi-los. Em Provérbios 22.15 vemos que a estultícia está ligada ao coração do adolescente, mas a vara da correção afugentará deles.

Copo masculino esculpido com marcas feitas a ferro quente
Existe na Psicologia um mecanismo de comportamento, onde o indivíduo recebe gratificações (elogios, presentes) por algo bom que praticou, chamado de reforço positivo que visa estabelecer à criança e ou adolescente que sempre que agir de forma correta e boa, será reconhecido. Quando porém pratica alguma coisa errada ou má, recebe punições (castigos, tirar o que mais gosta de fazer, bater quando necessário sem exceder-se), também chamado de reforço, mas negativo, visando extinguir tal comportamento, ou seja, tudo terá conseqüência.

Em Eclesiastes 11.9 ?Alegra-te, mancebo, na tua mocidade, e anime-te o teu coração nos dias da tua mocidade, e anda pelos caminhos do teu coração, e pela vista dos teus olhos; sabe, porém, que por todas estas coisas Deus te trará a juízo .10 Afasta, pois, do teu coração o desgosto, remove da tua carne o mal; porque a mocidade e a aurora da vida são vaidade.?

MOCIDADE
Mais uma vez o sábio rei Salomão está ensinando que a mocidade é vaidade por que, dura só um pouco de tempo e logo estaremos avançados em idade e para que não haja arrependimento, como descreve no capítulo 12.1 ?Lembra-te também do teu Criador nos dias da tua mocidade, antes que venham os maus dias, e cheguem os anos em que dirás: Não tenho prazer neles;?

Para que tenhamos uma velhice feliz e sadia, precisamos investir na obra do Senhor a nossa Juventude, o nosso vigor físico. Vemos que, contudo que Josué fez, ainda deixou muitas coisas por fazer por causa de suas vaidades (Jos.23).

Para que não venhamos nos arrepender mais tarde, devemos agir com consciência de quem serve a Deus, para produzirmos a diferença.

Como líder espiritual não podemos nos calar, ou fingirmos que não estamos vendo nada. Nossos jovens estão se tatuando, colocando piercing e fazendo tantas coisas que não agradam a Deus e alguns exercendo até ministério principalmente na área de música e louvor. Quando Paulo viu que a igreja de Corinto estava se misturando com as ?modas? da época, tratou logo de adverti-los, observamos isto ao lermos I Cor.11 e tantas outras doutrinas que Paulo ensinou para colocar ordem e decência. Não estou aqui dizendo que em nossos dias deve ser adotada a questão de cabelos, muito embora haja hoje homens com cabelos semelhantes ao de mulheres e mulheres com cabelos semelhantes ao de homens.

TATUAGENS, PIERCING
O Jovem pode até dizer: ?mas onde está na bíblia que isto é pecado?? Como é próprio do jovem, sempre desafiando a autoridade (pai, pastor, chefe, etc). Pois bem, lendo Lev.19. 28 ?Não fareis lacerações na vossa carne pelos mortos; nem no vosso corpo imprimireis qualquer marca. Eu sou o Senhor.?

Percebemos que muitos querem ignorar o A.T. e dizer que isto era para o tempo da Lei e não da Graça em que estamos hoje, só que, não podemos nos esquecer que Jesus Cristo declarou que Ele veio cumprir a lei e não destruí-la (Mt.5.17). Quando Paulo escreve aos Romanos dizendo que o fim da lei é Cristo, ele estava se referindo a lei sacrificial, oferenda de animais para remissão de pecados. Todavia, é bom que se leia Rm.7 para se ter uma compreensão melhor da lei.

Voltando em Levíticos 19.28, citado anteriormente, notamos que muitos jovens, vem realizando rituais com aliança de sangue e lacerando sua própria carne e outros tem seguido os passos de uma sociedade hipócrita que exige que para ser inserido num grupo, facção ou gangue, ou seja lá o nome que se der, tem que ter uma tatuagem e o jovem que sofre de uma espécie de esquizofrenia (analfabetismo emocional) com medo de ser ?tirado? (gíria que significa excluído), faz uma tatuagem para se obter o ?respeito? dos da mesma classe social que está inserido, ou até como um mecanismo de defesa contra ?a malandragem? ou buscando adquirir uma pseudo identidade, pois a sua está fragmentada e se faz necessário o uso de um ?ego auxiliar?, o famoso dito popular ?o Maria vai com as outras?.

Está mesma sociedade amanhã estará excluindo pessoas que tenham tatuagens, brincos, piercings e outras modas bizarras pois não ficará bem contratar alguém que se porte desta maneira para uma empresa multinacional ou de grande porte e ainda para adentrar algum recinto seremos julgados pela aparência que vai ser igual a de um Gibi (história em quadrinhos).

CARETA
Talvez os jovens pense, este cara é careta, deve ser um ancião babaca, pois não é verdade. Tenho 35 anos, sou Teólogo, Psicólogo e Pós graduado em Neuropsicologia e estou falando com conhecimento de causa.

A fazer estágio no ano de 2001, numa Clínica de recuperação de adictos (usuários de drogas) de alto padrão numa cidade de São Paulo, pude perceber que dinheiro não traz felicidade, pois muitos pais preocuparam-se em dar de tudo que o dinheiro pode comprar, exceto atenção, carinho, amor que é de suma importância para o referencial de uma criança obter uma personalidade estruturada. Muitos nunca ouviram não, ou nunca foram corrigidos pela vara e a estultícia lhe sufocou o coração e os traficantes dão um ?pseudo amor? e os jovens que estavam carentes logo se entregavam as drogas.

NO LIMITE
Jovens, tudo tem limite e Jesus estabeleceu o limite da história, o antes e o depois de Cristo. E nós também podemos escrever uma linda história, constituída pelas marcas de Cristo impressas em nós. Em Gálatas 6.7 Paulo adverte, ?Daqui em diante ninguém me moleste, porque eu trago no meu corpo as marcas de Jesus.? Será que temos coragem para falarmos o mesmo?

Pela ciência percebemos que todo ser humano é um ser bio-psico-social, ou seja, ele herda geneticamente falando, aparência de seus pais, recebe psicologicamente através de seus receptores sensoriais, ou percepção (olfativa, gustativa, auditiva, tátil, visual) as informações que vai formando nossa personalidade e social no ambiente em que estamos inseridos. As Sagradas Escrituras que o prazer do lavado e remido pelo sangue de Cristo está em meditar na Lei do Senhor de dia e de noite e não se assentando a roda de escarnecedores, andando por conselho de ímpios e não se detém no caminho dos pecadores.

Pense nisso jovem, pois Deus é amor e te escolheu por que és forte, ainda que digam que és fraco. Deus te chamou por que és um vencedor, ainda que digam que es um derrotado.

Em Lam.Jr.3.27 ?Bom é para o homem suportar o jugo na sua mocidade .?

I João 2. 14 ?Eu vos escrevi, meninos, porque conheceis o Pai. Eu vos escrevi, pais, porque conheceis aquele que é desde o princípio. Eu escrevi, jovens , porque sois fortes, e a palavra de Deus permanece em vós, e já vencestes o Maligno.?

ESTUDOS E UMA VIDA BEM SUCEDIDA
Lembre-se, para estar em lugar de destaque, é necessário ser como Daniel. (Daniel 1. 4) ?jovens em quem não houvesse defeito algum, de bela aparência, dotados de sabedoria, inteligência e instrução, e que tivessem capacidade para assistirem no palácio do rei; e que lhes ensinasse as letras e a língua dos caldeus.?

Percebemos a importância de estudarmos, pois Daniel tinha capacidade era dotado de sabedoria, inteligência e instrução e foi chamado para ensinar no palácio do rei, não tinha defeito (piercing, tatuagens, deficiência) era dotado de uma bela aparência. Para Deus somos todos belos, pois fomos feitos a Sua imagem e semelhança.

NAMORO, NOIVADO E CASAMENTO
Quanto ao namoro, é importante observarmos alguns pontos de suma importância. O jovem deve orar, esperar em Deus, orar, pedir o consentimento dos pais dele e da moça e para o seu líder espiritual (Pastor, Bispo, etc...) e só assim terá a benção do Senhor.

Observamos o exemplo de Sansão que não obedeceu a seus pais e vemos o triste fim de Sansão (Juízes 14).

Outro pensamento errado é o de não comunicar o seu líder espiritual e depois de estar com uma gravidez indesejada ou adquirir uma doença venérea vai correndo procurar seu líder que nem sabia que ela ou ele, estavam namorando. Desde a era patriarcal os líderes abençoaram os relacionamentos. E muitos queimam etapas e segue o modismos de nem casar mais, e ?juntam os trapos? e vão morar juntos, por que só restam trapos.

Em II Cor.6.14 ?Não vos prendais a um jugo desigual com os incrédulos; pois que sociedade tem a justiça com a injustiça? ou que comunhão tem a luz com as trevas?? 15 Que harmonia há entre Cristo e Belial? ou que parte tem o crente com o incrédulo?

A mentira de Satanás é que ele vai se converter depois e isto na maioria dos casos acontece o inverso. Em I Cor.7.16 ?Pois, como sabes tu, ó mulher, se salvarás teu marido? ou, como sabes tu, ó marido, se salvarás tua mulher??

Queridos, antes de casar pense bem no que tratamos acima, pois deve ser para vida toda, este negócio de ?ficar? (gíria de curtir uma balada ao lado de uma outra pessoa do sexo oposto) não tem a benção de seus pais, de seu líder espiritual e tão pouco do Senhor. I Cor.7. 39 ?A mulher está ligada enquanto o marido vive; mas se falecer o marido, fica livre para casar com quem quiser, contanto que seja no Senhor.? (qualquer dúvida leia o artigo divórcio)

O Senhor é quem te supre e lhe renova, ainda há tempo de se arrepender e fazer o certo e viver a vida de um vencedor. Salm.103.5 ?quem te supre de todo o bem, de sorte que a tua mocidade se renova como a da águia.? (ver artigo do renovo)