12 de novembro de 2011

Casamento sem manutenção

- Casar??!! Deus que me livre!! Nem pensar!!!

Talvez você nem acredite, mas isso é o que eu já ouvi de alguns jovens. Talvez eles tenham uma má impressão sobre o casamento porque já chegaram a presenciar agressões verbais e até físicas entre os seus pais, ou atitudes desrespeitosas e até abusos em outros casamentos. A imagem do casamento é distorcida para eles.

Quando ouvimos falar a respeito de algum médico que vitimou seu paciente, nós pensamos que as leis que regem a sociedade médica não funcionam. Quando há uma tragédia com um avião, ficamos achando que todos os aviões irão cair. lsso não é um pensamento correto, é? Será que a instituição do matrimônio é imperfeita ou as pessoas que estão envolvidas é que são imperfeitas? Não permita que os valores invertidos e levianos de nossa sociedade enfiem-lhe na cabeça que o casamento não é bom e não funciona. O casamento é bom (Gênesis 2:18) e funciona surpreendentemente bem quando nós seguimos os princípios que Deus nos deixou em Sua Santa Palavra. Por quê não sermos prudentes e sábios ouvindo Deus, o único que pensou totalmente no assunto?

Se você faz parte desse grupo de jovens que não acredita que o casamento pode ser abençoado, saiba que isso não significa que com você acontecerá o mesmo. Peça a Deus que lhe abra os olhos e ouvidos espirituais sobre a verdade do casamento cristão.

Nenhum casamento é bem-sucedido e abençoado por acaso, existem algumas coisas indispensáveis para que ele dê certo. Os dois têm de se compreender, os dois têm de amar a Deus, os dois têm de se amar mutuamente, os dois têm de se respeitar acima de tudo. A pior coisa num casal é a falta de respeito!!! Eu não creio que sempre o marido tenha de ceder, ou que a esposa tenha de se arrastar aos pés do marido, chegando até a anular a sua própria personalidade. Tem de haver equilíbrio, bom senso, sensibilidade. Não sou nenhuma autoridade, ou expert no assunto, mas creio que com meus 17 anos de casada e algumas experiências adquiridas, posso compartilhar com vocês algo do que aprendi.

Em meu lar existe muito diálogo - uma coisa importantíssima - e quando, devido aos meus muitos afazeres domésticos e da obra de Deus, estou cansada, meu marido me ajuda. E nem por isso ele está sendo humilhado por fazer um serviço doméstico. Ele simplesmente está sendo sensível e compreensivo à minha situação, e não me acusa nem me critica por isso. O marido ou a esposa que pensa só em si, somente no seu bem-estar, é egoísta e não está obedecendo ao primeiro mandamento de Deus "...Amarás ao Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de todo a tua alma, e de todas as tuas forças, e de todo o teu entendimento, e ao teu próximo como a ti mesmo" (Lucas 10:27). O seu cônjuge é também o seu próximo.

Uma vez minha mãe me disse uma coisa de que jamais esqueci: "Observe o tipo de tratamento que o seu noivo dá aos seus pais, dessa maneira você poderá ter uma idéia de como ele vai lhe tratar". Deu certo!!! Bom filho é bom marido.

Sei que poderia falar-lhes muito mais sobre esse assunto, mas para finalizar, quero que a sua imagem sobre o casamento seja espelhada num casal que é unido, feliz e abençoado. Pois esse é o casamento ideal que Deus planejou e instituiu para nós.