30 de outubro de 2011

Como esperar a pessoa certa?



como esperar a pessoa certa
Quando falamos em esperar em Deus pela pessoa certa, nós cristãos, costumamos nos lembrar do Salmo 40 “Esperei com paciência no SENHOR, e ele se inclinou para mim, e ouviu o meu clamor.”
Mas esquecemos de nos preocupar em COMO esperar, o que fazer enquanto aguardamos a resposta do Senhor em relação a isso.
Entregamos nas mãos de Deus, mas sempre queremos dar uma “mãozinha” pra Ele. Pensamos que dando o “nosso jeitinho” vai fazer as coisas andarem mais rápido e acabamos nos frustrando.
Vamos ver dois exemplos da Bíblia que falam sobre isso. Gostaria de destacar dois deles:

Como Isaque esperou

Você pode encontrar esse relato em Gênesis 24. Quando Abraão, pai de Isaque, já estava adiantado em idade, pediu a um servo que buscasse uma esposa para seu filho. Sara, mãe de Isaque, já havia morrido. Abraão deu instruções ao servo para que não trouxesse para seu filho uma mulher da terra em que viviam, pois lá havia um povo que servia a outros deuses, mas que fosse buscar uma moça entre a sua parentela. Aquele servo juro, e atendeu o pedido de Abraão.

E Isaque esperou. Ele tinha convicção que seu pai era um homem muito ligado com Deus e que ele estava fazendo a coisa certa.

Enquanto isso, Isaque não foi se divertir, não foi atrás de outras mulheres (caso aquela não aparecesse ou ele não gostasse). Também não se preocupou em como seria aquela mulher, nem pretendeu ir junto ou tomar qualquer atitude para ajudar. Ele tinha certeza que Deus escolheria a melhor para ele.

Quando Rebeca, a escolhida, chegou em sua casa, Isaque estava orando. Ele estava conversando com Aquele que escolheria sua amada. Ele confiou em Deus e na estratégia que Ele deu. Ele foi bem sucedido em sua espera.

Como Sansão esperou

Porém, há um exemplo na Bíblia de um homem que não sabia esperar. Seu nome era Sansão. Ele foi o homem mais forte que já existiu. O Espírito Santo se apoderava dele. Sua história está registrada a partir de Juízes 13.

Sansão era nazireu(pessoa que possuía um voto de consagração a servir a Deus por um determinado período de tempo ou alguns casos, como o de Sansão, por toda vida). Foi escolhido de Deus desde o seu nascimento para julgar o povo de Israel. Ele deveria se preservar. Sem vinho, sem comer coisas consideradas imundas e sem cortar os seus cabelos. O dia que ele passasse navalha em seus cabelos, ele perderia toda a sua força.

Mas Sansão não levou esse chamado muito a sério. Ele se deitava com muitas mulheres. Todas elas pertenciam a povos pagãos. Ele não soube esperar pela escolhida de Deus. Mesmo com o conselho de seus pais, ele não quis saber das mulheres de sua parentela, que serviam ao Senhor de Israel.

Porém a última resultou em seu fim. Dalila, uma prostituta, encantou Sansão de tal forma, que ele revelou a ela o seu maior segredo: não deveria passar navalha em seus cabelos, pois perderia toda sua força e se tornaria como um homem qualquer. Dalila contou aos filisteus (inimigos do povo de Israel) que vieram e cortaram seu cabelo. Ele ficou fraco e foi preso, humilhado bem no meio do templo do deus Dagon, ídolo dos filisteus.

Depois de muito tempo, seus cabelos cresceram e ele pediu que o Espírito Santo se apoderasse dele pela última vez. Ele quebrou as duas principais colunas do templo e todos morreram. Uma escolha errada resultou em desastre.

Escolha esperar

Percebeu a diferença? A escolha errada sempre levará a ruína. Sempre vale a pena esperar em Deus. Ele conhece os corações, as intenções e também conhece o amanhã. Saber esperar em Deus é uma atitude dos sábios.

E você escolheu esperar ou escolheu agir?
Deixe seu comentário, Deus abençoe