6 de setembro de 2011

Grande Conselho.

Devido a hipocrisia e confusões na tomada de decisões, muitos fiéis tropeçam na justiça por falta de entendimento, e não são capazes de se justificarem durante os conflitos. A proposta deste conselho é apresentar decisões de acordo com a palavra de Deus para alcançar a paz, normalmente o processo de solicitação do conselho deve iniciar através de um problema que a pessoa esteja vivendo ou um propósito que a pessoa espera concluir.
 Muitas decisões podem gerar conflitos, é comum isso ocorrer, mas diante de uma proposta ou justificativa justa o conflito deve ser dissipado e a paz deve ser estabelecida, é importante ouvir as justificativa e propostas das duas partes em um conflito, bem-aventurados os pacificadores, porque eles serão chamados filhos de Deus.


Salmos 2:10-11; Agora, pois, ó reis, sede prudentes; deixai-vos instruir, juízes da terra. Servi ao Senhor com temor, e regozijai-vos com tremor.