25 de setembro de 2011

Amigo para sempre



Sempre haverá um amigo
Para repartir o pão
Recriar a vida
Pisar o chão
Esteja onde estiver
Sempre haverá um pedaço
Que se deixou ficar
Para semear o bonito
E quem está
Será para o que for
Pois sempre haverá
O arco íris para se ver
Mesmo que o dia amanheça
E muitos se percam
Ainda restará alguém
Para semear
Para sempre.